Corinthians segue zerado no Brasileirão

Por Charley Gima

Os jogos da segunda rodada do Brasileirão serviram pra mostrar algumas coisas óbvias como a dependência de Neymar pelo Santos, a falta de vergonha e comprometimento do Flamengo, a falta de “pegada” do Corinthians e o fraco elenco de TODOS os times, como um todo.

São Paulo e Santos foram sim mais uma vez prejudicados pela Seleção Brasileira, mas um planejamento sério e profissional deve levar esses imprevistos em consideração. O São Paulo jogou sem 4 titulares, Douglas e Rhodolfo, lesionados, Casemiro e Lucas na seleção. Bruno Uvni, também na seleção, não é 100% titular e não o incluo nesta lista, apesar de fazer falta num momento onde temos Rhodolfo machucado. Pelo menos Luís Fabiano guardou o seu e mira a artilharia do campeonato.

O Santos jogou sem Ganso, Neymar e Rafael, espinha dorsal do time campeão e só empatou sem gols, em casa, com o Sport, mesmo tendo Edu Dracena, Arouca e cia em campo. Com mais este empate o Santos soma só 2 pontos após 2 jogos e também já tem 2 jogos sem marcar gols. Que Santos é esse?

Felizmente fomos brindados com lindos gols, como o de Alecsandro de bicicleta, na vitória do Vasco sobre a Lusa (1X0) e o gol do baixinho (apenas 1,63cm) Danilinho, de cabeça, em cima  do gigante Cássio, goleiro do Corinthians (1X0). Mas é pouco…

Outro assunto a ser lembrado aqui é o rebaixamento. Tá certo que estamos apenas na segunda rodada, mas pelo que Ponte Preta, Lusa, Palmeiras e Corinthians vem apresentando, poderemos contar com um time paulista entre os rebaixados. É preciso encarar esta competição com mais seriedade para não correrem este risco!

O Coritiba é outro que pode correr grandes riscos se continuar jogando como jogou na derrota em casa para o Botafogo (3X2). Jogando em casa, o Coritiba abriu o placar com um gol relâmpago de Luan mas permitiu a virada dos cariocas e divide agora o final da tabela com o Corinthians sem somar nenhum pontinho sequer, segurando a lanterna por ter menor saldo de gols.

O Palmeiras perdeu a primeira partida, da série de três, contra o Grêmio, provando de seu próprio veneno, a bola parada. Felipão sacou Marcos Assunção no meio do segundo tempo, ou seja, deixou o Palmeiras sem opção alguma de ataque… Um time como o Palmeiras não pode viver somente das bolas paradas de Marcos Assunção! O jogo do Brasileirão passou, quem será que vai pra final depois dos próximos dois jogos da Copa do Brasil? Façam suas apostas!

O Flamengo continua alimentando a ira de seus torcedores. mesmo jogando em casa e estando na frente do placar, com dois gols de diferença, permitiu o empate do Inter que, na falta de Leandro Damião, servindo a seleção, contou com gols de Gilberto, Fabrício e Dátolo. Ronaldinho Gaúcho, Vágner Love e Airton marcaram para o Flamengo.

Enquanto isso, Botafogo, Vasco e Atlético-MG vão fazendo suas partes, continuam 100% e conquistando as vitórias tão importantes nesse começo de campeonato!

Veja abaixo como ficou a Tabela de Classificação:

TIME PG J V E D GP GC SG (%)
Botafogo 6 2 2 0 0 7 4 3 100
Vasco 6 2 2 0 0 3 1 2 100
Atlético-MG 6 2 2 0 0 2 0 2 100
Internacional 4 2 1 1 0 5 3 2 67
Figueirense 4 2 1 1 0 4 3 1 67
Fluminense 4 2 1 1 0 3 2 1 67
Grêmio 3 2 1 0 1 2 2 0 50
São Paulo 3 2 1 0 1 3 4 -1 50
Flamengo 2 2 0 2 0 4 4 0 33
10 Atlético-GO 2 2 0 2 0 1 1 0 33
10 Sport 2 2 0 2 0 1 1 0 33
12 Cruzeiro 2 2 0 2 0 0 0 0 33
12 Santos 2 2 0 2 0 0 0 0 33
14 Náutico 1 2 0 1 1 1 2 -1 17
14 Palmeiras 1 2 0 1 1 1 2 -1 17
14 Ponte Preta 1 2 0 1 1 1 2 -1 17
14 Portuguesa 1 2 0 1 1 1 2 -1 17
18 Bahia 1 2 0 1 1 0 1 -1 17
19 Corinthians 0 2 0 0 2 0 2 -2 0
20 Coritiba 0 2 0 0 2 2 5 -3 0

PG – pontos ganhos; J = jogos; V – vitórias; E – empates; D – derrotas; GP = gols pró; GC – gols contra; SG – saldo de gols; (%) – aproveitamento

Este post tem 2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *